terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Liberdade

LIBERDADE
Efigênia Coutinho
[meu primeiro verso na forma Indriso]

Efigênia na Estatua Liberdade em New York 2009

Liberdade... são como flores
da primavera, abertas ao céu azul
vestindo todo o universo de cores.

Liberdade...este ópio quero sonhar
que a Paz da noite embalou
de nostalgia, amor e magia!

Marchamos sobre os dias e as noites.

Para poder senti-lá na orla do destino!

Balneário Camboriú
Janeiro 2009

Fonte sobre esta nova modalidade de versos:
http://www.indrisos.com/

2 comentários:

Lídia Valéria disse...

Efigênia, como sempre esbanjando beleza e simpatia.

Trivial falar de você, doce poetisa com palavras elogiosas... Refiro-me à 'Mulher Maravilha', tanta alegria doou e doa aos poetas.
A força, amizade, o brilho que encontrei na Sala dos Poetas junto a você, deram força para meu coração falar, incentivo à minha inspiração como aprendiz de poeta. Dei asas às minhas inspirações e até chorei de alegria. Como já me senti, me sinto agora, vendo meu blog por você acrescentado em seu blog. Fico-lhe grata, caríssima Efigênia. O seu blog está no meu, em destaque na capa. Para mim é um luxo estar com você em parceria, harmonia e união.
Parabenizo-a por seu blog.

Meu carinho, meu respeito.

virgínia além mar- peixe voador disse...

muito bonito e vibrante Efigênia querida Poeta , parabéns e grata por incentivar-nos com tua exímia Poética vivenciada , à Liberdade de ir e vir que seja preservada !
abraços afetuosos de tua admiradora e co-aprendiz, virgínia vica além mar
http://vicamf.multiply.com/journal
http://recantodasletras.uol.com.br/autor_textos.php?id=15133